Abate bovino aumenta em Mato Grosso e chega a quase 5 milhões de cabeças em 2017

Na última semana o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) disponibilizou os dados do abate de bovinos do Estado em dezembro, tornando possível analisar o comportamento no ano de 2017 como um todo. O dado principal é a quantidade de cabeças abatidas que chegou a 4,96 milhões, registrando aumento de 3,55% em relação a 2016.

Segundo análise do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), tal acréscimo ocorreu basicamente devido a um movimento de descarte das fêmeas. Conforme o instituto, esta categoria de animais viu seu montante abatido crescer 13,28% na comparação com 2016, enquanto os machos registraram queda de 2,64% no total de animais enviados para abate.

“Com essa movimentação as fêmeas viram sua participação crescer 3,65 p.p. no abate mato-grossense e atingir o maior patamar desde 2014 (42,56%). Para 2018, a previsão é que esta tendência persista, já que o criador ainda não visualiza a plena recuperação nas cotações do bezerro e observa na venda das vacas uma forma de fazer caixa”, avalia o Imea.

Deixe uma resposta