Agroindústria recua 0,9% em 2005 ante 2004

A agroindústria registrou queda de 0,9% na produção em 2005 ante o ano anterior, em movimento inverso ao registrado pela média da indústria nacional (crescimento de 3,1%) no mesmo período, segundo divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O desempenho dos setores vinculados à pecuária (3,7%) não foi suficiente para compensar a queda dos segmentos associados à agricultura (-4,0%), de maior peso na agroindústria.

Em bases trimestrais, a agroindústria apresentou retração de 3,5% no primeiro trimestre, se recuperou no segundo (3,6%) e voltou a recuar no terceiro (-1,5%) e no quarto trimestre (2,8%), na comparação com iguais trimestres de 2004. O fraco desempenho da agroindústria no ano de 2005 está relacionado a uma conjuntura desfavorável principalmente para os setores associados à lavoura, que sofreram influência de fatores climáticos, da queda dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas, valorização cambial e aumento dos custos de produção.

Segundo avaliam os técnicos do IBGE no documento de divulgação da pesquisa, a estiagem na região Sul e em parte de São Paulo e Mato Grosso do Sul provocou quebra na safra, conforme dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA, do próprio instituto), que apurou produção de 112,5 milhões de toneladas de grãos em 2005, resultado 5,7% inferior à colheita de 2004 (119,3 milhões de toneladas).

“A diminuição da rentabilidade agrícola e o aumento dos custos de produção reduziram a capacidade de compra do produtor, causando expressiva queda no grupo dos produtos industriais utilizados pela agricultura (-20,5%), que foi o principal responsável pelo recuo da agroindústria”, diz o documento.

Fonte: 24 Horas News

Deixe uma resposta