APA reivindica R$86 milhões em EGF

A APA – Associação dos Produtores de Arroz de Mato Grosso enviou nesta semana, uma carta reivindicatória ao Secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Ivan Wedekim. O presidente da Apa, Angelo Maronezzi, destacou no documento que

“A situação totalmente desfavorável ao agricultor que foi a safra 04/05,

remuneração, que deixou muito a desejar e a safra 05/2006 em que estamos operando a comercialização do arroz em torno de R$ 21,00 a saca de 60, contra um custo de produção de R$ 28,50 por saca 60 kg.

No entanto há perspectiva de recuperação de preço do arroz em casca para o

segundo semestre do ano de 2006, em função da drástica redução de área plantada no Estado do Mato Grosso. Diante da atual situação, a Associação dos Produtores de Arroz do Estado do Mato Grosso – APA/MT, vem mui respeitosamente, solicitar a disponibilização de recursos no montante de R$ 86 milhões de reais, a curto prazo, na modalidade EGF, (montante equivalente a 250 mil toneladas de arroz em casca, volume este correspondente a aproximadamente 23% da produção estimada nesta safra de 05/2006).

Outro fator importante que nos agricultores orizícolas do Estado do Mato

Grosso solicitamos é a não realização de leilões de venda do estoque de arroz em casca do Governo Federal, ate o momento em que os preços do mercado de arroz não superar o custo de produção estimado em R$ 28,50 a saca de 60 kg, conforme planilha em anexo. Acreditamos que com essas medidas será possível resgatar a credibilidade e confiança do agricultor orizícola”, finalizou.

Fonte: Só Notícias/Angela Fogaça

Deixe uma resposta