Banco apresenta propostade renegociação de dívidas de produtores hoje

Produtores de todo o Mato Grosso aguardam os resultados de uma reunião que acontece hoje de manhã, entre o governador Blairo Maggi, superintendentes do Banco do Brasil e dirigentes do setor, em que serão apresentadas as propostas de prorrogação das dívidas de custeio agrícola. O presidente do Sindicato Rural de Sinop, Antônio Galvan, também participará do encontro. “Esperamos que os agricultores sejam contemplados e possam amenizar a situação que está caótica”, disse.

O refinanciamento das dívidas foi aceito pelo banco após uma visita de dirigentes do setor e do governador, no início do mês, que solicitaram a prorrogação. Um prazo de 30 dias foi estipulado para que os produtores solicitassem a prorrogação dos débitos junto aos financiadores, mas só hoje serão apresentados os planos.

Muitos produtores também já estão aderindo ao movimento de devolução de maquinários. O Sindicato Rural de Sinop já cadastrou cerca de 350 máquinas para serem devolvidas em Sinop e municípios vizinhos. O sindicato estima que os débitos em atraso, referente à maquinários, chegue a R$ 10 milhões.

Nos próximos dias a Federação da Agricultura de Mato Grosso (FAMATO) deve realizar uma reunião com credores do Estado, para negociar a devolução das máquinas. Soluções para alavancar a economia do setor, que está lidando com a defasagem nos preços dos produtos, estão sendo buscadas desde ano. Um grande movimento – tratoraço – que reuniu produtores de todo o Estado até Brasília, foi realizado no mês de junho do ano passado, mas segundo os produtores, não trouxe muitos resultados para o setor.

Fonte: Só Notícias/Tania Rauber

Deixe uma resposta