Bons resultados do projeto Cerrado Sustentável atraem multinacional

Com o início da colheita dos primeiros e bons frutos do programa “Cerrado Sustentável: Agricultura e Conservação” desenvolvido pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e a organização não governamental The Nature Conservancy (TNC), no Estado, uma nova etapa do projeto está sendo encaminhada. Os três parceiros travam conversação com a empresa que é a fonte de recursos para financiamento da recuperação das margens das bacias hidrográficas dos rios São Lourenço e Cuiabá, em Mato Grosso. Em meados de fevereiro, os representantes da multinacional Caterpillar (Brasil e Estados Unidos) conhecem o trabalho da Famato e da Sema e detalhes do programa que começou a ser implantado no final do ano passado.

A parceria pode possibilitar a preservação de mais de um milhão de hectares de cerrado nas bacias hidrográficas dos rios Cuiabá e São Lourenço, sem comprometer a capacidade produtiva da região. O trabalho levará em conta tanto os aspectos ecológicos quanto o desenvolvimento econômico dessas bacias hidrográficas, com a implantação de um mecanismo de analise de oportunidades de conservação e desenvolvimento.

Os resultados, até o momento, e a perspectivas são positivos. A Famato encarregada de “abrir” as porteiras das propriedades rurais na região dos rios São Lourenço e Cuiabá, em dezembro de 2005, percorreu parte da área total do projeto que envolve 4,5 milhões de hectares e cerca de duas mil propriedades. O membro da Comissão de Meio Ambiente, Amado Oliveira e o técnico da federação, Joany Marcelo, visitaram os municípios de Dom Aquino, Jaciara e Poxoréu, divulgando o programa às autoridades locais e aos produtores rurais. Ao todo, 662 propriedades receberam os técnicos. Como conseqüência, o trabalho de mapeamento está sendo realizado em 527 propriedades.

As informações foram repassadas pelo presidente da Famato Homero Alves Pereira durante reunião realizada na sede da Federação no dia 10 de fevereiro, da qual participaram representantes de todos os parceiros do programa.

Para o diretor da TNC João Campari, os resultados apresentados são excelentes e mostram a vocação que a Famato e outros segmentos envolvidos Têm para o trabalho em parceria “desde o início o programa tem superado as expectativas e, certamente ele será incremento numa segundo etapa com a inclusão de outros municípios. Isso porém, depende de novos investimentos que com certeza virão” afirmou.

Já a diretora de assuntos externos da Caterpillar Linda Fairbanks disse que é realmente inspirador ver que entidades que antes atuavam de forma adversa, estão juntas, atuando em parceria para a preservação do meio ambiente.No sábado, dia 11 de fevereiro, os representantes da TNC e da Caterpillar, visitaram propriedades no município de Jaciara, para verificar “in loco” o andamento dos trabalhos referentes ao programa.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta