Brasil apresenta ao Japão medidas para conter influenza aviária

Técnicos da Coordenação de Sanidade Avícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) se reuniram ontem (14-02) com representantes do governo japonês para apresentar as medidas que o Brasil está tomando para impedir a entrada da influenza aviária no país.

Durante a reunião, os técnicos brasileiros explicaram as medidas tomadas pelo governo, como a suspensão por tempo indeterminado da importação de aves, seus produtos e subprodutos procedentes de países afetados pela doença. O Brasil também intensificou a vigilância nos pontos de ingresso de aves e produtos avícolas importados de outros países e ordenou a realização de inquéritos soroepidemiológicos em aves migratórias. Outra medida implementada pelo Mapa e apresentada aos japoneses foi a realização de um estudo de vigilância ativa para conhecimento do estado do plantel avícola nacional.

Atualmente, 90% da carne de frango importada pelo Japão é de origem brasileira, representando um volume de 402 mil toneladas, com receita de US$ 687 milhões. A avicultura nacional é a segunda maior no mundo em produção e a maior em volume de carne exportada. O Brasil exporta carne de frango para mais de 140 países. Em receita, equivalente a US$ 3,3 bilhões, é maior exportador mundial de carne de frango. O vírus da Influenza aviária de alta patogenicidade nunca foi diagnosticado em território nacional.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta