Brasil fecha acordo com a China para o setor têxtil

O governo do Brasil fechou hoje um acordo com o ministério do Comércio da China que estabelece limites crescentes para a importação de tecidos e roupas chineses por empresas brasileiras até dezembro de 2008.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Ivan Ramalho, que chefiou a equipe de seis representantes do governo brasileiro que participaram das negociações, o acordo evita que o Brasil entre formalmente com um pedido de investigação de dumping/subsídio na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a China.

Ao mesmo tempo, impede um aumento fora do normal nas exportações de têxteis para o Brasil.

Seguindo a linha dos acordos fechados pela China com os EUA e UE, o Brasil estabeleceu percentuais crescentes de crescimento para 2006, 2007 e 2008 em oito categorias de produtos têxteis e roupas, com destaque para os tecidos sintéticos e sobretudos e mantos.

O acordo cobre 60% das importações brasileiras de tecidos da China, que em 2005 chegaram a US$ 359 milhões, 43% acima do total importado em 2004, de US$ 251milhões.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta