Construção de frigorífico de suínos vai diversificar economia em Lucas R. Verde

Lucas do Rio Verde tem se destacado nos últimos anos, como o campeão brasileiro de milho safrinha. Além da grande produção de soja e algodão, o município tem vivido boas perspectivas econômicas com a implantação de uma pequena usina hidrelétrica, que já gerou mais de 600 empregos.

Outra execelente novidade surgiu neste ano. Além de implantar o frigorífico de aves (anunciado em agosto do ano passado) em Lucas do Rio Verde, a empresa Sadia também vai movimentar a economia da região com a implantação de um frigorífico para suínos. O investimento somente neste último segmento, será na ordem de R$200 milhões. Os dois empreendimentos formarão o maior pólo agroindustrial do Nortão

A empresa já efetuou a compra de 7,5 mil matrizes da Coagril (Cooperativa Agrícola Industrial Luverdense) no fim de dezembro. A previsão é de que as obras do frigorífico

comecem já no mês que vem, mas o local ainda vem sendo mantido em sigilo total.

A capacidade de abate do frigorífico de suínos será de 5 mil cabeças ao dia. A produção terá 60% voltada ao mercado externo.

Serão fabricados produtos semi-prontos, como os empanados. Vários produtores rurais da região estão formatando projetos de novas granjas, objetivando futuramente uma parceria com a empresa. É um novo nicho de mercado que surge, de acordo com o Sindicato Rural de Lucas.

Fonte: Só Notícias/Angela Fogaça

Deixe uma resposta