Embargo à carne argentina pode favorecer Mato Grosso

embargo parcial do governo brasileiro à carne bovina da Argentina, anunciado na quarta-feira (08-02) à noite pela Secretaria de Defesa Animal do Ministério da Agricultura, poderá beneficiar a pecuária mato-grossense.

Na avaliação do analista de Mercado da Central de Comercialização de Boi (Centro Boi), Luciano de Souza Vacari, a medida poderá acelerar o processo de liberação da carne brasileira ao mercado russo. Ontem, o fim do embargo foi anunciado de maneira extra-oficial para o mês de abril.

Para Vacari, os mesmos países que embargaram a importação da carne argentina poderão ampliar suas compras no mercado brasileiro. “Com o passar do tempo, esta é uma hipótese bem provável, uma vez que somos grandes produtores e a nossa carne é de qualidade”.

Na opinião do presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Jorge Pires, a descoberta de focos de aftosa em regiões ou países vizinhos ao Brasil é sempre prejudicial ao País e ao Mercosul. “Fica a imagem negativa e, de uma forma indireta, também somos afetados”, disse ele.

Em relação ao anúncio da liberação das importações da carne brasileira para o mercado russo, ele lembrou que a medida já era esperada. “No período de dezembro a março, eles (os russos) não compram praticamente nada do Brasil devido ao intenso inverno e às condições dos portos. Esperamos que as exportações ao mercado russo sejam normalizadas a partir dos próximos meses”, crê.

Fonte: Diário de Cuiabá

Deixe uma resposta