Galvan assume diretoria da Aprosoja e destaca metas para o próximo triênio

A nova diretoria da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) para o triênio 2018/2020 tomou posse na noite desta quinta-feira, em Cuiabá. Também foram empossados na ocasião 170 delegados eleitos, que são os representantes da associação nos 24 núcleos da Aprosoja no interior do estado.

Em seu discurso, o presidente empossado Antônio Galvan destacou os desafios dos produtores rurais do Brasil, que ao mesmo tempo em que são vistos como fundamentais para a manutenção da economia do país também levam a pecha de vilões, e falou sobre as metas de sua gestão.

“Nós traçamos quatro metas principais: classificação de grãos, Fethab, royalties e semente salvas. Hoje, temos problemas sérios com a classificação e não podemos mais aceitar da forma que tem sido feita. Também precisamos discutir com o governador Pedro Taques sobre o uso do Fethab, que deve ser voltado para o investimento em logística. Também temos uma luta séria para travar sobre o nosso direito de salvar semente. Por fim, daremos continuidade ao que a gestão anterior começou, que é a ação contra os royalties da Monsanto”, disse.

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, aproveitou seu discurso para entregar a Galvan um Projeto de Lei encaminhado à Assembleia Legislativa que cria a Conta Específica do Fundo Estadual de Habitação e Transporte (Fethab), onde será depositado o recurso destinado às obras em rodovias estaduais. Na prática, os produtores rurais poderão conferir, mês a mês, onde será aplicado este dinheiro.

Além de Galvan, o atual presidente Endrigo Dalcin também discursou. “Encerramos hoje um ciclo de muito aprendizado. Atravessamos os últimos dois anos com uma conjuntura extremamente contrária a todos os objetivos e metas da nossa associação. Clima, economia, política. Aprendemos e foi preciso compartilhar as ações e abrir várias frentes de batalha. Nunca as comissões da Aprosoja tiveram tanta autonomia como nesta gestão. Avançamos muito, até onde o cenário externo nos permitiu”, disse.

Compõem a nova diretoria os seguintes agricultores: Antônio Galvan (presidente), Fernando Cadore (vice-presidente), Volmir Xavier (diretor administrativo), Lucas Beber (segundo diretor administrativo), Carlos Sfredo (diretor financeiro), Neusa Wessner (segunda diretora financeira), Zilto Donadello (vice-presidente Norte), Gilberto Eberhardt (segundo vice-presidente Norte), Fernando Ferri (vice-presidente Sul), Jorge Giacomelli (segundo vice-presidente Sul), Oldair Sangaletti (vice-presidente Leste), Lino Costa (segundo vice-presidente Leste), Diogo Rutilli (vice-presidente Oeste) e Anilson Rotta (segundo vice-presidente Oeste).

As informações são da assessoria da entidade.

Deixe uma resposta