Imea prevê que cotonicultura atingirá maior valor da história de Mato Grosso em 2018

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou a quinta estimativa de 2017 para o Valor Bruto da Produção (VBP) do algodão no Estado, trazendo, em conjunto, a primeira perspectiva para 2018. O faturamento este ano está sendo previsto em R$ 6,4 bilhões, dado ao acréscimo de 1,1% em relação à divulgação anterior e de 18,8% frente a 2016, sendo tais patamares alcançados graças ao aumento da produção e aos bons preços ofertados na safra 16/17 em MT.

No que tange ao ano de 2018, é aguardado o maior VBP já visto para a cotonicultura no Estado, de R$ 6,79 bilhões, que, caso se confirme, apresentará um avanço de 6,7% frente a 2017. Segundo o Imea, tal aumento é decorrente das boas perspectivas para a produção do algodão na safra 17/18, proporcionadas pela previsão de maior área semeada no Estado.

“No entanto esse é o primeiro apontamento para um ano ainda incerto, principalmente no que diz respeito às condições climáticas, que podem ditar o direcionamento dos preços daqui para frente”, alertam os analistas do instituto.

Deixe uma resposta