Inadimplência no FCO Rural é de 6,58%

A inadimplência no Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO/Rural) é R$ 131,70 milhões, o equivalente a 6,58% das operações vincendas no Estado, estimadas em R$ 1,87 bilhão, totalizando um montante de R$ 2 bilhões na carteira do FCO Rural em Mato Grosso.

Dos três estados com o maior volume de recursos aplicados, Mato Grosso é o que tem a taxa de inadimplência mais elevada, seguido de Goiás (3,43%) e Mato Grosso do Sul (3,11%).

Na avaliação do assessor especial da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Dimas Gomes Neto, o aumento da inadimplência é explicado pelas dificuldades de comercialização da safra, devido principalmente à defasagem cambial (queda do dólar em relação ao real).

“A cotação (em dólar) de algumas commodities, historicamente, foi mantida em 2005, porém os preços em real pagos aos produtores foram bem menores devido ao desajuste no câmbio”, analisa.

Fonte: Diário de Cuiabá

Deixe uma resposta