Ministério reconhece centro-sul do Pará como livre de aftosa

Quarenta e seis municípios do centro-sul do estado do Pará foram declarados como área livre da febre aftosa com vacinação. A medida consta da portaria nº 43, assinada pelo ministro Roberto Rodrigues e publicada na edição dessa segunda-feira (13-02) do Diário Oficial da União. A decisão é o primeiro passo para que o Brasil possa pedir à Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) o reconhecimento internacional da área como livre da doença com imunização.

Na portaria, o ministro explica que tomou a decisão baseado no resultado do inquérito soroepidemiológico para avaliação de circulação do vírus da aftosa na região durante o ano de 2005. O Mapa também considerou outros dois aspectos: a situação sanitária do rebanho e o fato de que há mais de dois anos a doença não é registrada nos 46 municípios.

O texto da portaria informa ainda que a decisão foi tomada com base no Código Sanitário para os Animais Terrestres da OIE e do Acordo sobre a Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias da Organização Mundial de Comércio (OIC).

A partir dessa decisão, o Mapa deverá encaminhar à OIE o pedido para que essa região do Pará seja reconhecida internacionalmente como livre da aftosa. O rebanho da região centro-sul do Pará é de aproximadamente 12 milhões de cabeças de gado.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta