País báltico deve começar a importar carne suína brasileira

O presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta terça-feira que a abertura do mercado da Macedônia para a importação da carne suína brasileira deve ocorrer em breve. A declaração ocorreu durante discurso no Palácio Itamaraty, após reunião com o mandatário do país báltico, Gjorge Ivanov.

“Está em exame muito acentuado a possibilidade dessa importação. Esperamos que dê certo, esse é nosso desejo”, disse Temer. Atualmente, o Brasil já exporta carne de frango e bovina para a Macedônia. Segundo o presidente brasileiro, a intenção é “incrementar” a corrente de comércio. “Queremos promover fluxos de investimentos, queremos criar novos canais de diálogo políticos e cooperação”.

Além do encontro bilateral, a visita de Gjorge Ivanov marca a inauguração oficial da Embaixada da Macedônia no Brasil, a primeira representação na América Latina. “[É] um reconhecimento da importância do Brasil no cenário mundial e particularmente na relação com seu Estado”, afirmou Temer.

Os dois países têm mantido acordos que promovem o desenvolvimento humano. O mais recente foi o educacional, que busca fomentar as relações entre os países e contribuir para o desenvolvimento do ensino em todos os seus níveis e modalidades. Ele se soma ao acordo para isenção de vistos, celebrado no ano passado, que possibilita a livre circulação de pessoas para viagens de turismo e de negócios.

Deixe uma resposta